UOL Menu
Busca
Carros

20/03/2012 - 20h26 / Atualizada 20/03/2012 - 20h26

Grand Siena tem 4 versões e 520 l de porta-malas

por LUÍS PEREZ
Interpress Motor

O Fiat Grand Siena, que será lançado oficialmente ainda nesta semana, já foi flagrado no pátio da fábrica e em caminhões de transporte. Claro que era uma questão de tempo encontrá-lo nas concessionárias. Pois hoje Interpress Motor se deparou com uma unidade, na versão top Essence 1.6 16V Flex Dualogic. Haverá outras três: a de entrada Attractive 1.4 Flex, a Tetrafuel 1.4 e a Essence 1.6 16V Flex com câmbio manual.  

Na própria concessionária, que ainda não tinha o preço oficial – "acima de R$ 40 mil", limitou-se a dizer um vendedor –, foi possível extrair mais informações. Por exemplo: todas as versões vêm muito bem equipadas, com apoio para o pé esquerdo do motorista, computador de bordo A e B (distância, consumo médio, instantâneo, autonomia, velocidade média e tempo de percurso), direção hidráulica e faróis biparábola.

Pelo visto, a Fiat quer mesmo diferenciar o Grand Siena do Siena e mesmo do Palio. O Siena Fire 1.0 deve permanecer e o novo modelo vai muito além de uma carroceria sedã do Palio. Todas as versões trazem airbag duplo e freios com sistema ABS, Logo Push (abertura do porta-malas apertando o logotipo na tampa), para-choques e maçanetas externas na cor da carroceria e vidros elétricos dianteiros com "one touch", entre outros itens.

As dimensões são interessantes em se tratando de um compacto: 4,29 metros de comprimento, 1,70 m de largura, 1,51 m de altura e 2,51 m de entre-eixos. No tanque cabem 48 litros. Mas o grande destaque é o porta-malas que assume a segunda colocação no segmento – com 520 litros, perde apenas para o Chevrolet Cobalt, que tem insanos 563 litros. Na versão Tetrafuel, por conta do cilindro de gás, o porta-malas do Grand Siena cai para 390 litros.